Atividades de Psicomotricidade devem ser usadas por fisioterapeutas


>



https://unieducar.org.br/sites/default/files/cursos/imagens/psicomotricidade-mod-ii-gratuito.jpg

O termo psicomotricidade se divide em duas partes: a motriz e o psiquismo, que constituem o processo de desenvolvimento integral da pessoa. A palavra motriz se refere ao movimento, enquanto o psico, determina a atividade psíquica em duas fases: a sócio-afetiva e cognitiva. Em outras palavras, o que se quer dizer é que na ação da criança se articula toda sua afetividade, todos seus desejos, mas também todas suas possibilidades de comunicação e conceituação.

A Psicomotricidade, sustentada pela articulação entre o movimento, o intelecto e o afeto, colabora efetivamente na instrumentalização dos docentes que atuam como mediadores no processo ensino-aprendizagem dos alunos em tratamento de saúde, nos hospitais, ambulatórios ou domicílios.

Aula de Psicomotricidade Prática

Enfatizar a valorização do corpo na constituição do sujeito que aprende, contribui para intervenções mais assertivas e consistentes no processo de ensino-aprendizagem a partir de uma leitura integral do aluno.

É preciso cada vez mais que os conhecimentos teóricos da área da Psicomotricidade, seja associada  à prática pedagógica vivenciada em hospitais e ambulatórios, abrindo espaço para que os profissionais das áreas da saúde e da educação multipliquem as possibilidades de alavancar o desejo de aprender e elevar a autoestima de crianças e jovens em tratamento de saúde.

A psicomotricidade estimula-se através de jogos como por exemplo jogos funcionais ou motores, cuja função é dar harmonia aos gestos e aumentar a sua eficácia;

Pode também recorrer-se a jogos simbólicos ou de imaginação, que favorecem a passagem do nível sensório-motor para o nível da representação;

Por seu turno, os jogos de construção, permitem uma evolução mais rápida para uma adaptação mais precisa à realidade;

Os jogos com regras, facilitam o desenvolvimento da cooperação.

Para o fisioterapeuta que trabalha no desenvolvimento infantil, a aplicação de todo o conceito que envolve a psicomotricidade é um importante aliado para melhor tratamento de crianças.

A abordagem fisioterapêutica tem a função de preparar a criança, manter ou aprimorar as funções já existentes, correlacionando os aspectos clínicos e atuando de forma global, aspectos motores e cognitivos, principalmente durante os atendimentos neurológicos infantis, por exemplo.

Estude Psicomotricidade!

Atividades de Psicomotricidade devem ser usadas por fisioterapeutas Atividades de Psicomotricidade devem ser usadas por fisioterapeutas Revisado by Faça Fisioterapia on 05:53 Nota: 5