Doença de Becker e a Fisioterapia


>



 https://i.ytimg.com/vi/alEnm6BOb6A/maxresdefault.jpg

Miotonia é o fenômeno resultante da diminuição da velocidade de relaxamento do músculo após contração voluntária (miotonia de ação), estímulo mecânico (miotonia de percussão) ou estimulação elétrica, quando se observa atividade elétrica repetitiva das fibras musculares na eletromiografia.

As duas maiores formas de miotonia congênita são doença de Thomsen e doença de Becker. Elas são diferenciadas pela severidade dos sintomas e padrão de herança. A doença de Becker, de herança autossômica recessiva, aparece mais tardiamente na infância e causa mais rigidez muscular que a doença de Thomsen (autossômica dominante), sendo que alguns individuos podem apresentar fraqueza muscular (o que não ocorre na doença de Thomsen).

Os sintomas da doença de Becker, normalmente começam durante a infância, mas a condição pode não se tornar muito aparente por alguns anos. Os sintomas geralmente incluem:
  • Demora para andar e correr em crianças jovens.
  • Fica desajeitado sem explicação.
  • Cólicas durante exercícios físicos.
  • Dificuldade de participar de esportes na escola.
  • Músculos fracos perto do torso.
  • Aumento do tamanho das panturrilhas.
  • Dificuldade ao levantar peso e subir escadas.
  • Dificuldade para se levantar depois de uma queda.
  • Perda da habilidade de andar.
  • Problemas cardíacos.
  • Dificuldades para aprendizado e comportamentos diferentes.
Não há cura para a distrofia muscular de Becker. O tratamento visa dar suporte para o paciente e melhorar sua qualidade de vida e nisso o fisioterapia pode ajudar o portador.

Como a fisioterapia pode ajudar? É importante saber a fraqueza muscular progressiva dos músculos das pernas e da pelve associada à perda de massa muscular (emaciação). Essa fraqueza também atinge os braços, o pescoço e outras áreas, mas não de forma tão intensa como ocorre na metade inferior do corpo.

Os músculos das panturrilhas inicialmente aumentam de tamanho (como uma tentativa do corpo para compensar a perda de força muscular) e o tecido dos músculos aumentados é, eventualmente, substituído por gordura e por tecido conjuntivo (pseudo-hipertrofia). As contraturas musculares ocorrem nas pernas e nos calcanhares, provocando uma falta de habilidade para utilizar os músculos, por causa do encurtamento das fibras musculares e da fibrose do tecido conjuntivo.

O desenvolvimento dos ossos é anormal, provocando deformidades do esqueleto do tórax e de outras áreas. A cardiomiopatia ocorre em quase todos os casos e o distúrbio também pode vir acompanhado de retardo mental, que não é inevitável e não piora no curso da doença. A causa deste enfraquecimento é desconhecida.

A fisioterapia tem muitos recursos para amenizar o qe essa doença causa ao portador. Mãos a obra!
Share on Google Plus

About Faça Fisioterapia

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment