Atividades Lúdicas: um valioso recurso da fisioterapia pediátrica










Brinquedos e brincadeiras são as ferramentas de trabalho dos fisioterapeutas que atuam em pediatria. Diversos materiais e equipamentos como bolas, rolos, bancos, planos inclinados, espelhos, andadores, prancha de equilíbrio, carrinhos, cama elástica, piscina de bolinhas e brinquedos, podem ser utilizados com a criança na fisioterapia. Sendo assim, as salas de atendimento devem dispor de brinquedos, e os fisioterapeutas devem, sempre que possível, utilizar das atividades lúdicas durante o atendimento tornando assim esse tempo mais divertido e eficaz. Lembrando que os brinquedos e os jogos são componentes essenciais no atendimento de crianças, e que a sua utilização de maneira correta torna a fisioterapia mais eficaz.

O brincar é uma ótima oportunidade de desenvolvimento da criança em tratamento. As brincadeiras, os brinquedos e os jogos são considerados como alguns dos maiores potenciais de estimulação da criança, que proporcionam ricas experiências. O lúdico tem função motivadora: brincando, a criança descobre, experimenta, inventa, aprende e confere habilidades. Através da brincadeira a criança não só tem o estímulo à realização motora, como também descobre regras, socializa-se e desenvolve aptidões cognitivas. Medidas simples, mas que podem facilitar o desenvolvimento infantil quando uma deficiência se faz presente.

Deve-se usar o brincar ao máximo, em todos os procedimentos, como uma estratégia útil para incentivar a participação da criança na realização das atividades desejadas na fisioterapia. Dessa forma, os jogos e as brincadeiras estão presentes tanto na avaliação, quanto nos atendimentos de fisioterapia. A atividade lúdica desenvolvida na fisioterapia deve sempre ser baseada na fase de desenvolvimento, no grau de comprometimento da criança, na possibilidade de alcance dos objetivos estabelecidos e na facilitação da realização da sessão, tornando assim possível alcançar as metas estabelecidas.

A presença das atividades lúdicas deve ocorrer sempre de maneira intencional e planejada pelo fisioterapeuta, durante os atendimentos. A presença do lúdico na fisioterapia caracteriza-se como um recurso que tem como finalidade facilitar ou conduzir aos objetivos estabelecidos. Embora para a criança a atividade lúdica possa ser considerada como brincar, busca-se o alcance dos objetivos estabelecidos. Ressaltando que as atividades lúdicas ocorrem, com freqüência, nos atendimentos de crianças, por nós fisioterapeutas. É na brincadeira que as crianças reaprendem a andar e a movimentar partes do corpo. Isso sem a preocupação de exercícios forçados e dolorosos.

É importante ressaltar que a interação do adulto com a criança constituiu uma rica fonte de experiência e de aprendizagem para a criança. Assim, no processo de reabilitação, o fisioterapeuta assume papel importante como mediador das aquisições psicomotoras e da interação da criança com o meio. Ele deve incorporar o lúdico à terapia a fim de motivar a criança e envolvê-la nas atividades propostas. O valor terapêutico do brincar pode ser explorado nas sessões de fisioterapia, mas para isso é necessário o conhecimento do lúdico na infância e do seu papel no desenvolvimento psicomotor.

As atividades lúdicas podem influenciar positivamente o desenvolvimento psicomotor das crianças, contando com situações adequadas de aprendizagem e experimentação, minimizando o impacto da deficiência no desenvolvimento global dessas crianças.

Escrito por Ana Mirella - Fisioterapeuta da APAE
Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.