Avaliação do lactente sibilante x Problemas respiratórios


>




Dados sugestivos de asma são:

-História familiar de asma OU rinite alérgica. É importante lembrar que muitos pais tiveram asma na infância e não se recordam e que o diagnóstico de rinite alérgica é confundido com sinusite. Sintomas recorrentes de vias aéreas superiores podem, portanto, expressar rinite alérgica e não serem reconhecidos como tal.

-Presença de sintomas nasais na criança, tais como obstrução nasal, prurido, obstrução,podem não ter sido diagnosticados como rinite alérgica que é uma condição freqüentemente associada à asma. Alguns lactentes iniciam sintomas nas primeiras semanas de vida, com prurido e obstrução nasal, não associados a viroses, podendo isto já estar expressando sinais de rinite alérgica.

-Episódios de sibilância somente controlados por uso de broncodilatadores e corticosteróides também sugerem o diagnóstico de asma.

Dados de história que sugerem o diagnóstico de sibilância associada a viroses:
- ausência de história pessoal ou familiar de atopia, asma ou rinite alérgica;
- presença de sibilância relacionada a viroses respiratórias;
- primeiro episódio caracterizado como bronquiolite viral aguda, com subsequente sibilância recorrente;
- tendência a apresentar episódios somente no inverno, com redução expressiva no verão.

Dados que podem sugerir a associação de sibilância com refluxo gastroesofágico e distúrbio de deglutição:
- história de piora noturna;
- crises de choro de causa inexplicável (sugerindo esofagite);
- piora de sintomas durante ou após mamadas.

Dados sugestivos de aspiração de corpo estranho:
- episódio de sufocação com alimento ou objeto - sibilância de início súbito
- Dados sugestivos de displasia broncopulmonar:
- história de doença respiratória no período neonatal;
- prematuridade;
- uso de ventilação mecânica ou oxigenoterapia prolongada (maior do que 30 dias);
- sintomas contínuos desde o período neonatal.

Dados sugestivos do diagnóstico de imunodeficiência:
- história de infecções respiratórias repetidas de resolução lenta mesmo com uso de antibióticos;
- história materna de SIDA.

Dados sugestivos de tuberculose:
- história de contágio domiciliar com tuberculose;
- sintomas constantes sem um início preciso.

Dados sugestivos de bronquiolite obliterante:
- quadro de infecção respiratória (bronquiolite e/ou pneumonia viral) grave que, após hospitalização, determina sintomas contínuos de caráter obstrutivo;
- necessidade de oxigenoterapia por período prolongado durante o primeiro episódio de sibilância.

Dados sugestivos de fibrose cística:
- história de íleo meconial, suor salgado, tosse prolongada com secreção, fezes aumentadas de volume e com mal cheiro;
- história de familiar de fibrose cística ou óbito em irmão de causa respiratória ou não esclarecida; - história de baixo ganho de peso.

Dados sugestivos de malformações
- história de "pneumonia" tratada sem melhora das imagens do radiograma de tórax;
- sintomatologia que piora com mudança de posição. - Dados que sugerem cardiopatia - história de cansaço nas mamadas;
- história de baixo ganho de peso e altura;
- crises de cianose;
- percepção de "respiração rápida".
Avaliação do lactente sibilante x Problemas respiratórios Avaliação do lactente sibilante x Problemas respiratórios Revisado by Faça Fisioterapia on 14:00 Nota: 5