Dicionário da Neonatologia


>





Muitas vezes, os bebés nos primeiros dias de vida podem necessitar de cuidados especializados e de uma maior vigilância, tendo de ficar no serviço de neonatologia.

A Neonatologia é um serviço que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, geralmente é amplo e espaçoso, e está presente na grande maioria das maternidades. Dispõe de uma equipa, de enfermeiros experientes e médicos especialistas em neonatologia, pronta a dar resposta às mais variadas situações tais como: prematuros (bebés que nascem antes do final do tempo), bebés com dificuldade em respirar, com dificuldade em comer, ou outras complicações.

A

ALIMENTAÇÃO PARENTERAL (Parentérica) - Alimentação por via intravenosa, ou seja, os nutrientes são administrados directamente no sangue.
ANALGÉSICOS - Medicamentos usados para eliminar ou diminuir a dor.
ANTIBIÓTICOS - Medicamentos usados para tratar as infecções causadas por bactérias.
ANEMIA - Baixo número de glóbulos vermelhos no sangue. Os glóbulos vermelhos são células que transportam o oxigénio necessário para a vida das outras células.
ANOXIA - Redução da quantidade de oxigénio no sangue e nos tecidos orgânicos. É sinónimo de hipoxia ou asfixia.
APGAR - Teste que avalia o estado de saúde do recém-nascido através de uma escala que vai de zero a 10. É realizado duas vezes, ao primeiro e ao quinto minuto após nascimento. Esta avaliação usa critérios respiratórios, neurológicos e circulatórios.
APNEIA - Paragem respiratória.
AUDIOMETRIA - Exame para determinar o grau de acuidade auditiva.

B

BACTÉRIA - É um gérmen capaz de causar doenças graves, que têm de se tratar com antibióticos.
BILIRRUBINA - Pigmento amarelo alaranjado resultante da decomposição dos glóbulos vermelhos do sangue.
BRADICARDIA - Diminuição da frequência cardíaca.
BRONQUIOLITE - Infecção viral contagiosa das vias respiratórias que afecta os bebés e as crianças pequenas e provoca dificuldade ao respirar, sobretudo ao expirar.

C

CATETER - Tubo de plástico estreito e flexível que se insere no corpo para injectar ou extrair fluidos.
CATETER UMBILICAL - Tubo de plástico estreito e flexível que se introduz no cordão umbilical do bebé através de um vaso sanguíneo.
CIANOSE - Coloração azulada da pele causada por uma oxigenação insuficiente do sangue.
COLOSTRO - Liquido seroso e amarelado segregado pelas mamas antes do inicio da aleitação. Este liquido é rico em anticorpos que protegem o recém-nascido contra infecções.
CONVULSÃO - Actividade eléctrica anormal do cérebro que produz movimentos involuntários dos músculos e espasmos.
CPAP (Continuous Positive Airway Pressure) - Uso de cânulas nasais pequenas no nariz do bebé para manter uma pequena quantidade de ar nos pulmões no fim de cada expiração. Isto vai evitar o colapso dos alvéolos pulmonares.

D
DOENÇA DA MEMBRANA HIALINA - Distúrbio respiratório frequente nos recém-nascidos resultante de uma produção insuficiente de surfactante pelos pulmões imaturos.
DISPLASIA BRONCOPULMONAR - Lesão do tecido broncopulmonar que ocorre em prematuros com dificuldade respiratória, submetidos a ventilação e oxigenoterapia intensa.
DIURÉTICO - Medicamento que serve para urinar mais e eliminar o excesso de liquido.

E

EDEMA (Inchaço) - Aumento de volume dos tecidos, devido a uma excessiva acumulação de líquidos.
ELECTROCARDIOGRAMA (ECG) - Registo gráfico da actividade eléctrica do coração.
ELECTROENCEFALOGRAMA (EEG) - Registo gráfico da actividade eléctrica do cérebro.
ENTEROCOLITE NECROSANTE (NEC) - Doença grave do aparelho gastroentestinal, comum nos prematuros. Consiste numa inflamação dos intestinos que causa a destruição dos tecidos comprometidos.
ENTUBAÇÃO - Inserção de um tubo na traqueia, através do nariz ou da boca, para assistir a respiração.
EXSANGUINEOTRANSFUSÃO - Procedimento para tratar os efeitos da icterícia, infecção ou toxicidade grave, que consiste na troca lenta e sucessiva de pequenas fracções de sangue do bebé por sangue compatível.

F

FOTOTERAPIA - Procedimento terapêutico que consiste em colocar o bebé despido com os olhos e os genitais cobertos sob uma luz fluorescente (radiação ultravioleta), para reduzir o nível de bilirrubina no sangue.
FREQUÊNCIA CARDÍACA - Número de batimentos cardíacos num minuto.
FREQUÊNCIA RESPIRATÓRIA - Número de vezes em que se respira num minuto.

G

GASOMETRIA - Consiste na colheita de uma amostra de sangue arterial ou venoso para leitura do pH e dos valores dos gases sanguíneos (oxigénio, dióxido de carbono, ...).
GAVAGEM - Quando o bebé ainda não tem desenvolvido os reflexos de sucção ou por qualquer outra razão não pode ser alimentado ao peito ou através de biberão é alimentado através de um tubo flexível de polietileno (sonda) que passa através da boca ou do nariz e desce até ao estômago.

H

HIDROCEFALIA - O termo hidrocefalia vem do Grego e significa "água na cabeça". Na realidade a água é liquido cefalorraquidiano, um líquido claro que é constantemente produzido nas cavidades, ou ventrículos, no interior do cérebro. Ele passa de um ventrículo para o seguinte (quatro no total) através de canais estreitos, circulando depois na superfície do cérebro - uma pequena parte desce pela espinal-medula - e é absorvido no sistema sanguíneo. Esta absorção realiza-se por veias especializadas dentro do crânio as quais têm uma superfície semelhante a uma peneira. Apesar de muito mais lentamente que a circulação do sangue, o liquido cefalorraquideano está em constante produção, circulação e reabsorção. A hidrocefalia pode resultar de excesso de produção de liquido cefalorraquidiano (muito raro), ou quando é impedida a sua circulação ou absorção.
HIPOTONIA - Diminuição anormal do tonus muscular.

I
.
ICTERÍCIA (Neo-natal) - Coloração amarelada da pele e das mucosas que acontece quando o fígado do bebé ainda está imaturo e não é capaz de processar a bilirrubina que se acumula no sangue. O tratamento é geralmente feito através da fototerapia.
IDADE CORRIGIDA - Idade que o bebé prematuro teria se tivesse nascido na data do parto prevista inicialmente.
IDADE GESTACIONAL - Idade em semanas e dias desde o início da última menstruação.
INCUBADORA - Aparelho no qual os bebés são isolados do meio exterior e no qual são mantidos, através da criação de um ambiente controlado e mais favorável.

L

LANUGO - Pelo fino, suave e de cor clara, que cobre o corpo do feto e de alguns prematuros.
M
MASTITE - Inflamação das glândulas mamárias.
MECÓNIO - Material fecal de cor verde a negro (composto por bílis e muco) que constitui as primeiras fezes do recém-nascido e que se excreta durante ou pouco depois do parto.
MENINGITE - Inflamação das meninges, a membrana que cobre e protege o cérebro e a espinal medula, causada por um vírus ou por uma bactéria.
MÉTODO CANGURU - Método em que se coloca o bebé contra o peito dos pais, com a finalidade de estabelecer o contacto pele com pele.
MONITORES - Aparelhos que registam e vigiam os batimentos cardíacos, a respiração, a temperatura, a tensão arterial e os níveis de oxigénio, mediante sistemas não invasores, o que quer dizer que não causam dor porque estão colados na superfície da pele do bebé.
O

OXIGENOTERAPIA - Qualquer procedimento em que se administra oxigénio suplementar a um bebé.
OXIMETRO DE PULSO - Aparelho capaz de medir a quantidade de oxigénio no sangue.

P

PNEUMONIA - Infecção dos pulmões que provoca dificuldade respiratória, tosse, dor torácica e febre.
PNEUMOTÓRAX - Situação patológica na qual o ar passa dos pulmões para a cavidade torácica e comprime os pulmões e o coração. Normalmente esse ar tem de ser extraído.
PUNÇÃO LOMBAR - Técnica diagnostica em que é extraido liquido cefalorraquideo através da introdução de uma agulha no espaço entre duas vértebras lombares até à zona que contém o liquido cefalorraquideo.

R

RETINOPATIA DA PREMATURIDADE - Doença da retina do olho que afecta principalmente os bebés prematuros.

S

SÉPSIS - Presença de agentes infecciosos(bactérias, fungos, etc. ) ou das suas toxinas na corrente sanguínea.
SÍNDROME DE DIFICULDADE RESPIRATÓRIA (SDR) - Alteração respiratória dos pulmões imaturos, causado pela deficiência de surfactante.
SONDA NASOGÁSTRICA / OROGÁSTRICA - Tubo estreito e flexível que se introduz no estômago através do nariz ou da boca, usado para administrar nutrientes ou para extrair ar ou líquidos do estômago.
.
SURFACTANTE - Substância que ajuda a manter distendidos os pequenos alvéolos pulmonares, evitando o seu colapso. Normalmente é sintetizado nos pulmões. Pode-se administrar surfactante exógeno em bebés com Síndrome de dificuldade respiratória (SDR).

T

TENSÃO ARTERIAL - Pressão que exerce o sangue nas paredes das artérias.
TRANSFUSÃO SANGUÍNEA - Administração de sangue de um dador são a um doente.
TUBO ENDOTRAQUEAL - Tubo pequeno que se introduz na traqueia através da boca ou do nariz para administrar ar ou oxigénio nos pulmões.

V

VENTILADOR - Aparelho usado para manter um fluxo normal de ar nos pulmões.
Dicionário da Neonatologia Dicionário da Neonatologia Revisado by Faça Fisioterapia on 06:15 Nota: 5